Manipulação de vetores

De GNU Octave
Revisão em 23h20min de 14 de outubro de 2012 por Jgrocha (Discussão | contribs) (Criou nova página com 'Existem muitas formas de manipular vetores no Octave. === Constantes === A forma mais simples de definir um vetor em Octave é listando os valores do mesmo entre '[' e ...')

(dif) ← Revisão anterior | Revisão atual (dif) | Revisão seguinte → (dif)
Ir para: navegação, pesquisa

Existem muitas formas de manipular vetores no Octave.

Constantes

A forma mais simples de definir um vetor em Octave é listando os valores do mesmo entre '[' e ']'. Pode separar cada um dos elementos com vírgulas ou com espaços.

octave:1> vel = [ 50 50 70 90 120 ]
vel =
    50    50    70    90   120
octave:2> peso = [ 82.4, 82.7, 82.5]
peso =
   82.400   82.700   82.500

Operações

Se aplicar um operador normal, como a multiplicação, a um argumento do tipo vetor, o mesmo é aplicado a todos os elementos do vetor.

octave:13> val = [1 2 3 4 5]
val =
   1   2   3   4   5
octave:14> val*2
ans =
    2    4    6    8   10

Da mesma forma, pode aplicar uma função a todos os elementos de um vetor.

octave:15> valores = [0 pi/2 pi]
valores =
   0.00000   1.57080   3.14159
octave:16> sin(valores)
ans =
   0.00000   1.00000   0.00000

Operadores unários

octave:32> x = 4:8
x =
   4   5   6   7   8
octave:33> x^2
error: for A^b, A must be square
octave:33> x.^2
ans =
 
   16   25   36   49   64

Geração de vetores

Existe um operador específico para gerar vetores utilizando um valor inicial, um incremento e um limite. O operador usa-se da seguinte forma:

valor inicial: incremento: limite

octave:30> 1:1/3:3
ans =
    1.0000    1.3333    1.6667    2.0000    2.3333    2.6667    3.0000

Desta forma é muito fácil, por exemplo, calcular os valores da função y = 2 * x - 3 para os valores de 1 a 10.

octave:34> x = 1:1:10
x =
    1    2    3    4    5    6    7    8    9   10
octave:35> y = 2*x-3
y =
   -1    1    3    5    7    9   11   13   15   17

Pode ser abreviado para valor inicial: limite assumindo-se que o incremento é 1. Pode-se fazer, por exemplo:

octave:1> 15:20
ans =
 
   15   16   17   18   19   20

Exercícios

0) Crie um vetor com todos os múltiplos de 3, entre 1 e 100.

Seja x = [1 2 3 4 5] Seja precounitario = [ 2.45, 3.95, 8 ] Seja quantidade = [2 6 3]

1) Calcule y = -3x^2 +4x -1, para os valores de x

2) Calcule o máximo valor de y

3) Calcule o máximo valor de y

4) Calcule o produto dos vetores precounitario e quantidade

p .* q (produto elemento a elemento; .+ soma lemento a elemento) P * q (erro)

5) Calcule o total resultante do produto anterior p*q' dot(p,q)

Mais sobre a gestão de ficheiros no Octave

pwd

Indica qual é a pasta de trabalho atual

dir

Mostra o conteúdo da pasta de trabalho atual

cd

Permite mudar para outra pasta

cd .. Muda para a pasta anterior

cd NomeDaPasta cd 'Nome da Pasta'

Pode-se usar a tecla <TAB> para expandir o nome da pasta. Por exemplo, para mudar para a pasta Desktop, basta escrever: cd Desk<TAB> e aparece-lhe cd Desktop

Grandes vetores

No Octave pode-se guardar uma ou mais variáveis num arquivo para posterior utilização. No arquivo heartrate.m, disponível em http://octave.di.uminho.pt/images/files/ tem a definição de um vetor chamado bpm. Descarregue o arquivo, e depois leia o vetor bpm do arquivo heartrate.m, com o comando: octave:1> load heartrate.m bpm

octave:1> load "C:/Users/jgr/Downloads/heartrate.m" octave:2> who Variables in the current scope: ans bpm octave:3> bpm

Neste vetor estão registados os batimentos cardíacos (batimentos por minuto) registados com intervalor de 5 segundos. O registo começou às 08:40:19 do dia 2012-10-03.

i) Diga quantos valores (comprimento) tem o vetor bpm.

ii) Diga qual o valor mínimo do vetor.

ii) Diga qual o valor máximo do vetor.

iii) Diga quantas vezes se registaram batimentos acima dos 160.

iv) Diga qual a média dos batimentos cardíacos.

mean(bpm) //ou sum(bpm)/length(bpm)//

v) Mostre apenas os primeiros 5 elementos do vetor bpm